Por que contar com uma gestora no mercado livre de energia?

Por que contar com uma gestora no mercado livre de energia?

A “terceirização” como a conhecemos hoje tem suas raízes modernas no clima de negócios das décadas de 1970 e 80. Foi nessa época que muitas organizações recorreram à terceirização como uma forma de se manterem competitivas em uma economia global. Durante esse tempo, a mentalidade era que, para competir, as organizações deveriam se concentrar em suas ofertas de serviços principais. Todos os serviços adicionais considerados críticos, mas não “essenciais”, foram terceirizados.

Desde então, o movimento de terceirização ganhou força em quase todos os tipos de organização, de agências governamentais a empresas do setor privado. Hoje, muitas empresas como supermercados, shopping centers, universidades, hospitais, real estate, hotéis e diversos setores da indústria – terceirizam serviços como faturamento, folha de pagamento, atendimento ao cliente e suporte técnico. Apesar dessa mudança em direção à terceirização, algumas empresas têm evitado terceirizar a aquisição de eletricidade e o gerenciamento de energia.

Existem alguns motivos principais para essa relutância: Algumas organizações estão preocupadas com o fato de que terceirizar o gerenciamento e a aquisição de energia para uma empresa de consultoria aumentará o custo e o tempo do processo. Outros simplesmente acham que a aquisição de energia é algo que deve ser feito internamente.

Mas, na grande maioria dos casos, terceirizar a gestão e compra de energia pode ser uma ótima opção, que economiza tempo e dinheiro.

Quando faz sentido para uma empresa terceirizar o gerenciamento e a compra de energia?

Aqui estão três sinais de que pode ser hora da sua empresa discutir a terceirização.

  1. Falta de pessoal: quando você não tem pessoal disponível ou especializado para dedicar o tempo necessário à compra ou gestão de energia, a terceirização quase sempre faz sentido. Embora em teoria você possa simplesmente contratar mais pessoas para fazer o trabalho, a realidade é que os recursos necessários para contratar essas pessoas parecem nunca se materializar. Você está na posição de “fazer mais com menos” – o que não é a maneira ideal de lidar com a aquisição de energia.

Se você não tem tempo e expertise para se dedicar ao monitoramento do mercado e fazer uma análise competitiva completa, é muito fácil simplesmente ficar com a concessionária local ou contar com seu fornecedor atual para prestar esse serviço. Qualquer opção que não envolva um processo de compra competitivo e completo leva a um preço mais elevado e , consequentemente, maiores despesas com energia.

  1. Falta de Ferramentas: digamos que sua empresa tenha pessoal disponível para conduzir um processo competitivo para compra de energia. Isso é um passo na direção certa – mas a compra de energia tem algumas particularidades. Você também precisa saber se essas pessoas possuem os conhecimentos e ferramentas necessários para o sucesso máximo.

O primeiro requisito essencial para compra de energia, é o conhecimento e acompanhamento regular do mercado de energia. Mais do que qualquer outro fator, o nível dos reservatórios das usinas hidrelétricas, a previsão e realização das chuvas afetam diretamente o preço de energia que sua empresa irá comprar. Portanto, para aumentar a probabilidade de compra de energia em um momento favorável, é fundamental monitorar ativamente o mercado de forma contínua.

Se sua empresa não dispõe de recursos para monitorar diretamente o mercado e ficar de olho nos fatores que podem fazer com que os preços aumentem ou caiam no dia a dia, a terceirização pode ser uma boa escolha.

  1. Falta de especialização no mercado de energia: então, e se a sua empresa tiver o pessoal e os recursos necessários para a tarefa de adquirir energia, que é trabalhosa?

A próxima etapa é determinar se a equipe possui a experiência necessária para reunir essas peças. Isso é fundamental porque, mesmo que você tenha todas as ferramentas certas, precisa saber como usá-las para garantir o sucesso. Idealmente, a pessoa que coordena a compra deve ser um especialista no mercado de energia – e deve ter um conhecimento profundo sobre o funcionamento e dinâmica desse mercado com alguns anos de experiência. É raro a empresa que tenha profissionais com o preparo adequado, que fazem a diferença nos momentos críticos de mercado.
A terceirização traz os especialistas em energia “para dentro” da sua empresa.

Sua empresa deve terceirizar a gestão e compra de energia?

Para reduzir os custos com energia e obter preços competitivos no momento certo, do fornecedor certo e nas melhores condições possíveis, você precisa de uma equipe dedicada, com um alto nível de especialização no setor de energia. Você também precisa dos recursos necessários – informações, sistemas e capacidade de simulação para acessar, entender e interpretar o movimento dos preços no mercado de energia.

Se você tiver todas essas peças no lugar, provavelmente é seguro manter internamente os serviços de compra de energia e gerenciamento de energia de sua empresa. Mas se você não tiver um desses componentes principais, pode considerar a terceirização.

Se sua empresa estiver preocupada com o custo de contratar uma consultoria especializada no mercado de energia, lembre-se de que é tudo uma questão de “retorno do investimento”. Ao terceirizar o gerenciamento e a compra de energia para uma consultoria experiente, você mais do que provavelmente compensará isso com custos de energia mais baixos e termos contratuais mais favoráveis.

Veja também

Preencha o formulário para receber novidades e otimizar seus gastos de energia!


Temos um leque de possibilidades para você!