Como efetuar minha compra no Mercado Livre de Energia?

Como efetuar minha compra no Mercado Livre de Energia?

O processo de comprar energia no mercado livre pode ser decisivo para reduzir os custos e aumentar a competitividade de sua empresa. Entretanto, é muito importante saber o momento certo e quais os procedimentos corretos e mais adequados nessa tarefa, já que, caso contrário, seus gastos podem ser ainda maiores. 

Acompanhe nosso artigo com um passo-a-passo e avalie o melhor momento e como comprar energia no Mercado Livre. Boa leitura!

O que é o Mercado Livre de Energia?

Resumidamente, o Mercado Livre de Energia é um ambiente concentrado de negociações em que consumidores podem comprar energia diretamente de um gerador ou de um comercializador de energia, de forma alternativa ao suprimento da concessionária local.

Mas quem pode comprar no Mercado Livre?

Para entendermos melhor, existem dois tipos de consumidores que podem comprar energia elétrica no Mercado Livre de Energia no Brasil. Eles são classificados como consumidores livres e consumidores especiais. Entenda cada um deles abaixo e suas principais diferenças:

  • Consumidor Livre: Para esse consumidor, existe uma demanda mínima de 1.500 kW e possibilidade de escolha de seu fornecedor de energia elétrica por meio de livre negociação. Esse consumidor tem a possibilidade de contratar energia proveniente de qualquer fonte de geração.
  • Consumidor Especial: Já para esse, a demanda é entre 500 kW e 1.500 kW, com o direito de adquirir energia de Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCHs)  e de usinas, que utilizam como fonte geradora eólica, biomassa ou solar. 

Outra possível alternativa para comprar nesse mercado é a comunhão. Através dela, a empresa que não tenha demanda suficiente para operar sozinha no Ambiente de Contratação Livre pode realizar comunhão com outras unidades consumidoras para atingir o nível mínimo de demanda de 0,5 MW. 

Mas atenção: essa alternativa só é possível para consumidores com o mesmo CNPJ e alocados no mesmo submercado ou localizados em área contígua, ou seja, sem separação por vias públicas. A comunhão permite que empresas vizinhas ou do mesmo grupo econômico somem suas demandas para chegar aos 500 kW e, assim, estejam aptas a comprar energia no Mercado Livre.

Qual o melhor momento para efetuar minha compra no Mercado Livre?

Por mais que pareça um processo complicado, a Replace descomplica para você! A resposta, na verdade, não tem a ver apenas se o preço da energia está em baixa. Os contratos de compra e venda de energia no mercado livre de energia levam em consideração o período contratado para a definição dos preços de energia que sua empresa deve pagar. 

Uma estratégia muito usada pelas áreas de suprimento é aguardar estar próximo ao encerramento do contrato atual para formalização de um novo contrato. Nessa estratégia, os preços de energia podem ser altos ou baixos e serão aqueles que estão sendo praticados no mercado no momento da contratação. Há pouca margem de manobra para fazer uma estratégia de contratação com maior previsibilidade. As despesas com o novo contrato serão em função do que está sendo negociado, por isso, uma consultoria especializada e qualificada é essencial nesse momento.

Como comprar?

No Mercado Livre de Energia, a negociação acontece de forma livre, com preços, prazos e volumes negociados livremente entre consumidores e as geradoras ou comercializadoras. 

Para a compra de energia elétrica, é recomendável que essas empresas adotem estratégias de longo prazo, já que as variações de custos de energia no Brasil podem tornar os valores menos vantajosos do que no Mercado Cativo.

O Ambiente de Contratação Regulada (ACR) está mais suscetível a variações de preço, especialmente pela cobrança de bandeiras tarifárias aplicadas em momentos de queda no volume de chuvas. Porém, essas variações afetam também o Mercado Livre.

Para que a compra de energia elétrica seja bem-sucedida e o consumidor encontre as melhores condições, é importante que haja a análise de seu perfil de consumo.  As estratégias de compra devem sempre estar alinhadas com o perfil de consumo e de riscos que cada consumidor pode aceitar.

Como desenvolver sua estratégia para a compra

A estratégia mais adotada pelas empresas de sucesso é acompanhar os preços de mercado e comprar energia com um ou dois anos de antecedência. Essa estratégia permite definir o momento mais adequado para contratação, quando o preço atinge um patamar que assegura competitividade para a empresa. 

Como toda decisão importante para sua empresa, operar no Mercado Livre de Energia também requer conhecimento e dedicação. É importante analisar a evolução do consumo e dos preços ao longo do tempo, e estabelecer drivers e indicadores para auxiliar na tomada de decisão de compra. Quando o preço de mercado atende aos parâmetros que foram definidos para os indicadores, é hora de iniciar o processo de contratação de energia. Esta é uma das formas de instrumentalizar as decisões. São estratégias dessa natureza que evitam que se pague preços acima do esperado. 

De qualquer forma, conforme ressaltado acima, contar com o auxílio de uma consultoria independente e especializada para estabelecer as melhores práticas e estratégias de compra é uma decisão muito importante. Assim, os objetivos de cada empresa são analisados para uma melhor consideração na tomada de decisão. Clique aqui para falar com a Replace!

Saiba mais sobre o Mercado Livre de Energia!

Veja também