Nesta sexta-feira (01/12) a ANEEL publicou Resolução Normativa nº 792 que regulamenta o programa piloto de Resposta à Demanda no Brasil. Este é o primeiro passo para a participação mais ativa dos consumidores de energia na gestão eficiente dos recursos energéticos, especialmente em momentos críticos para o atendimento do sistema elétrico, período em que as usinas térmicas com alto custo de geração se mostram, até o momento, como único recurso disponível.

Por definição, resposta a demanda consiste na modificação no perfil de carga de um consumidor por meio de incentivos financeiros que provocam mudança deste comportamento. Portanto, os consumidores poderão avaliar se internamente, dentro do seu processo produtivo, há possibilidade de redução do consumo de energia por um período limitado ao longo do dia (entre 1 hora a 7 horas) e qual seria o potencial, em MW, para este corte de carga. Caso oportuno, a segunda etapa é dimensionar o impacto e custo desta redução temporária buscando definir a receita (aferida em R$/MWh da parcela reduzida) que viabilizaria esta manobra. Ao declarar esta disponibilidade e valor de remuneração para o ONS – Operador Nacional do Sistema Elétrico, mediante assinatura de contrato específico, o operador poderá convocá-lo para a redução efetiva no consumo como nova alternativa ao despacho térmico de alto custo. Como resultado, já nesta fase de projeto piloto é esperada redução do custo global para operação do sistema elétrico, além do aumento da confiabilidade para atendimento à carga.

A fase piloto do programa de resposta à demanda está prevista para iniciar nos primeiros meses de 2018 e vigorará até junho de 2019. Vale ressaltar que, nesta fase, poderão participar do programa apenas os consumidores das regiões Nordeste e Norte que estejam conectados à Rede Básica (ou redes de transmissão acima de 230 kV) operadas pelo ONS, cabendo poucas exceções à esta restrição inicial.

A Replace oferece apoio para análise de viabilidade para redução de consumo e participação no programa piloto da Resposta a Demanda logo nesta fase inicial.

Bruno Vieira Lopes
Consultor Replace